segunda-feira, 17 de abril de 2017

Linkedin de cara nova

Imagem: Walber de Paula
Depois que a Microsoft comprou a rede social profissional LinkedIn, ela deixou de ser um "Orkut de negócios" e se aproximou do Facebook, na organização e formato.
Agora temos a página de perfil com postagens, as Company Pages (páginas de empresas, profissionais ou negócios) e University Pages (páginas para universidades e universitários) que foram incrementadas através das Careers pages (páginas pagas, até onde pude me informar) e as ShowCase Pages (páginas relacionadas a um negócio) que são como as Fan-Pages (páginas de negócios) ou grupos do Facebook.

Há páginas com métricas de acessos e engajamentos, como no Facebook, o que dá a entender que a Microsoft vai seguir a sua filosofia de copiar o que dá certo, e tentar fazer melhor que o original.

Sempre achei que a Microsoft deveria ter uma rede social como LinkedIn (mais do que Skypes ou MSN Messengers) pois seu foco sempre foi as empresas, com softwares de escritório.

Desejo toda a sorte ao Linkedin, pois agora a MS parece que está no caminho certo, depois de lançar um Windows 10 que não desagrada nem motiva, e desisitir de competir no mercado de equipamentos móveis ao vender a Nokia.

sábado, 3 de dezembro de 2016

Low e high tech



Wallace Vianna é desenvolvedor web.

As pessoas lidam mal com as tecnologias novas. Do painel eletrônico de chamadas em filas até os aplicativos de celular.

sábado, 10 de setembro de 2016

Modelos de desenvolvimento de software

Foto: Mlife/MTS India

Esse texto - que posto aqui como resumo - eu colhi no blog Protocolo TI E é muito útil para quem desenvolve software, claro, mas também para quem desenvolve projetos e deseja seguir uma metodologia simples como o Scrum.
Por exemplo, trabalhando sozinho em projetos simples eu uso o modelo em cascata; trabalhando com outros profissionais ou projetos complexos ou caros uso o modelo iterativo.

O artigo:

Os Modelos de Desenvolvimento de Software

Há mais de uma década, vem se tentando encontrar um processo ou metodologia previsível e repetível que melhore a produtividade e qualidade. Alguns tentaram sintetizar e formalizar a tarefa aparentemente incontrolável de escrever um software. Outros aplicaram técnicas de gerenciamento de projeto na escrita de software. Sem o gerenciamento de projeto, projetos de software podem facilmente sofrer atraso ou estourar o orçamento. Como um grande número de projetos de software não atendem suas expectativas em termos de funcionalidades, custo, ou cronograma de entrega, ainda não existe um modelo de processo perfeito para todas aplicações.


Processos de desenvolvimento de software


Foto: Ricari.com.br

Esse texto, sequência do Modelos de desenvolvimento de software foi resumido aqui, do blog Protocolo TI, e é útil para quem é da área de TI e gerência de projetos (seja empresa ou autônomo) pois destrincha etapas de desenvolvimento de projetos, sendo aplicáveis a projetos de diversas naturezas.

Processo de desenvolvimento é diferente do modelo; o processo é a necessidade que todos os projetos tem para começarem a ser desenvolvidos de forma completa e satisfatória e o modelo é a forma como se escolhe trabalhar em cima dos requisitos. A finalidade do processo é cumprir todas as etapas independente da sua metologia de desenvolvimento levando a um produto/software de qualidade.

O Processo de Desenvolvimento de um Software

O processo de desenvolvimento de um software é um conjunto de finalidades e atividades que visam a criação de um software bem estruturado e de qualidade, para um boa manutenção e reaproveitamento do software.
No processo de Desenvolvimento de Software, existem vários passos ou processos para se criar um software, seguindo modelos de desenvolvimento, são eles:


segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Backup / cópia de segurança: tipos e definições


Achei essa matéria - Backup: Conceito e Tipos, do site Diego Macedo - tão boa que transcrevo aqui, pois serve tanto para empresas como profissionais e pessoas no dia-a-dia, no sentido de orientar como um backup deve ser feito, uma vez que, hoje, o backup pode ser online (na internet).
Apresento a seguir um resumo, com adendos meus; quem quiser ler o texto completo, está aqui..


Imagem: Strati.com.br
O Backup ajuda a proteger os dados de perdas acidentais se ocorrerem falhas de hardware ou de mídia de armazenamento no sistema. Por exemplo, você pode usar um utilitário de backup para criar uma cópia dos dados que estão no disco rígido e arquivá-los em outro dispositivo de armazenamento.

sábado, 6 de agosto de 2016

TechnoDrops (1)

Discussões sobre tecnologia

Wallace Vianna é desenvolvedor web.

Imagem: Taringa.net

Essa discussão sobre a idade da pedra da informática (perda de informações digitais antigas) é antiga, e tem um lado real e irreal ao mesmo tempo: todos temos CD-ROMs que não tocam mais em nossos computadores com o último Windows, e, se tocam, não tem a mesma aparêcia e qualidade da época.

sábado, 30 de julho de 2016

Chromebooks - computadores GOOGLE

Google Chromium


Cada geração tem uma empresa (no caso, de informática) que marca uma época: IBM, Microsoft, e agora o Google Chromebook (alguém vai dizer Facebook, WhatsApp...): computadores de mão e mesa fabricados por diversas companhias, com o sistema operacional da Google Google Chrome OS.

Vamos ver se esse linux-like pega.
Se for para usar a internet e programas online, já está perfeito. Se for para usar programas da Google Store no Google Chrome/Chromiun, também.